Piloto evita tragédia na Polônia

Quase chegando, a má notícia. E o susto deve ter sido enorme diante da possibilidade de este ser verdadeiramente o destino final, não o final de mais um voo. Mas a habilidade humana se sobrepôs à máquina e nenhum dos 230 passageiros do Boeing 767 da companhia polonesa LOT saiu machucado. A aeronave vinha de Nova Jersey, estado norte-americano, e uma falha técnica impediu que o trem de pouso funcionasse na chegada a Warsóvia. Quando tocou o solo, o avião arrastou a barriga na pista e houve um princípio de incêndio.

O fogo foi imediatamente controlado pelos bombeiros, graças às providências que o comandante havia tomado antes da aterrissagem,segundo o jornal Welt. Antes do pouso, ele sobrevoou a cidade por mais de uma hora para reduzir o combustível ao mínimo possível. Além disso, tratou de comunicar aos que estavam a bordo sobre o que poderia acontecer e lhes deu instruções sobre como deveriam se comportar. Todos salvos, já em terra e encaminhados aos cuidados de médicos e psicólogos, ele foi descrito pelos passageiros como alguém fenomenal. Merecidamente. A habilidade dele foi decisiva para evitar uma tragédia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s