No Texas, Estados Unidos, o juiz da Vara de Família William Adams oferecia uma imagem de homem extremamente equilibrado da porta da casa para fora. Dentro de casa, a convivência com ele era um martírio para a filha. Agora o homem perdeu a a máscara. Por iniciativa dela. Aos 23 anos de idade, ela resolveu acertar contas com o pai e jogou na internet um vídeo mostrando como ele a espancava, com um cinto, quando era adolescente. O vídeo já teve dois milhões de acessos e tem áudio. Enquanto chicoteia a menina, o juiz grita, ordenando: dobra-te para a frente ou vou bater nessa tua cara de merda.

O interessante, segundo a CNN, é que o juiz foi suspenso por apenas duas semanas de suas atividades. As cenas do espancamento foram gravadas pela própria filha, que tinha 16 anos na época em que apanhava dele sistematicamente. Em entrevista à emissora, a moça contou que esse vídeo mostra o pai punindo-a porque havia baixado material ilegal da internet. Na tentativa de justificar sua violência, ele disse não estava no domínio de seus atos naquele momento e que pretendia ensinar disciplina à filha. Vendo o vídeo parece pior do que foi na verdade, afirmou. A mãe da garota, que também está no vídeo, não aguentou a convivência.Separou-se dele.

Anúncios