Casal centenário pede separação

Ele, Antonio, tem 99 anos de idade. Rosa, 96. O fato de serem praticamente centenários não impediu que resolvessem colocar um fim no seu casamento de 77 anos. No dia 16 de dezembro, contaram os jornais italianos La Stampa e Corriere Della Sera na edição desta quarta-feira, os dois encaminharam seu pedido de separação consensual no Tribunal de Roma e a audiência está marcada para março de 2012.

Segundo a advogada Anna Orecchioni, “a crise conjugal começou em 2002, quando ele, tentando colocar em ordem o conteúdo de uma gaveta, descobriu algumas cartas que a mulher escreveu a um amante há cinquenta anos”. Pressionada por Antonio, ela admitiu o relacionamento extraconjugal, mas argumentou que o caso tinha acontecido nos anos quarenta. Portanto, sua infelidade seria “crime prescrito”. Não teve sucesso, porque as águas que no passado haviam movido seu coração agora moviam o moinho do marido, produzindo mágoa e rancor. 

Antonio nasceu na Sardenha, em 1912. Rosa é napolitana, de 1915. Os dois se conheceram nos anos trinta, quando ele, então um jovem policial, trabalhou em Nápoles. O namoro evoluiu rapidamente do primeiro olhar ao casamento. E logo vieram os filhos.São cinco. Agora morando em Roma, o casal tem uma dezena de netos e um bisneto. E todos se dizem estupefatos diante da coragem que os pais e avós demonstram a essa altura da vida, decididos a cada um tomar seu rumo no que lhes sobrar de vida.

A reação dele, quando descobriu a infidelidade da esposa, foi de muita raiva.Saiu de casa, batendo a porta. Mas não demorou a sentir falta da rotina doméstica e acabou voltando para os braços da mulher alguns alguns meses depois. O problema é que, não conseguindo perdoar a infidelidade da companheira, ele não permitiu que a harmonia recuperasse seu espaço na relação. Por isso, os dois brigam como cão e gato por qualquer bobagem, dormem em quartos separados e se evitam debaixo do mesmo teto. A convivência ficou impossível, acreditam agora. Mas em março, quando forem à audiência, o juiz cumprirá o que é de praxe nestes casos: perguntará se querem mesmo a separação ou se gostariam de tentar uma reconciliação.

Anúncios

Um comentário em “Casal centenário pede separação

  1. É….
    A chamada desta matéria no estadão hoje é “sem perdão”. Realmente idade biológica não é sinônimo de muita coisa.
    Em tempos como os atuais, onde nada faz mais sentido do que a colaboração mútua entre nós, seres humanos, vem uma pessoa de idade (biológica) avançada e demonstra o extremo egoísmo que há no seu âmago… E a mídia, a mais vista e lida, faz eco a semelhante inutilidade.
    Por essas e outras mais que eu me distanciei de telejornais e também de jornais impressos. Prá que ler e ouvir o mesmo de sempre e que não serve para quase nada, exceto algum material como por exemplo, um vídeo que o uol mostrou ontem, de um francês que voa no seu planador acompanhado por um grupo de gansos. Lindo e útil!!!!
    Um forte abraço Maria querida e Feliz Ano Novo! em 2012 nos vemos!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s