Tags

, , , ,

airton Ortiz 56w

 

Peço desculpas aos outros patronáveis, mas fiquei especialmente feliz com a escolha de Airton Ortiz para Patrono desta Feira do Livro. Explico: em 2006, quando me encontrava em uma situação para a qual achava difícil solução ele me socorreu. Naquele ano, Ortiz me ajudou a encontrar uma banca para expor o livro Mente Criativa – a aventura do cérebro bem nutrido, do médico ortomolecular Juarez Nunes Callegaro

Trabalhei para o doutor como gost writer e ele preferiu publicá-lo de forma independente, isto é, sem editora. Lembro que na abertura da Feira do Livro daquele ano fui até a Praça da Alfândega mal podendo carregar o peso de uma mala cheia de exemplares desse livro. Estava lá, no estande do Jornal do Comércio em reunião de pauta com minha equipe, mas pensando também sobre o meu problema – os contatos que havia feito até então haviam dado em nada, porque o livro era independente – quando Ortiz chegou. Conversamos um pouco, expliquei minha situação, ele olhou o livro e me disse “espera aqui”. Voltou nem 10 minutos depois, com uma boa notícia.

Meu problema estava resolvido. O livro vendeu muito bem, Esgotou rapidamente e novas edições foram feitas, mas agora com editora. Já falei da minha gratidão ao Ortiz, mas achei que deveria compartilhá-la com meus amigos. Nunca vou esquecer o gesto solidário dele, que me tirou de uma sinuca de bico. Ele é, tenho prova disso, uma pessoa generosa, além de jornalista, escritor e amante de aventuras radicais que já o levaram ao pico do Everest e a outras paisagens do planeta.

Anúncios